Arquivo da categoria: Futebol

Antecipando a convocação do Dunga

Como praticamente todos aqueles minimamente interessados por futebol já estão cansados de saber, nesta terça-feira, às 13:00, o treinador Dunga divulgará a lista oficial dos 23 jogadores que irão representar a Seleção Brasileira na Copa do Mundo 2010, na África do Sul. Nem que seja apenas para fazer uma saudável disputa de quem acertará mais, os signatários deste blog não poderiam deixar de palpitar sobre este assunto. Aí vão nossas apostas (vamos ver quem compreendeu melhor a complexa mente do “capitão do tetra”):

Anderson Fonseca

Goleiros

Júlio Cesar
Gomes
Victor

Zagueiros

Lúcio
Juan
Luisão
Thiago Silva

Laterais

Maicon
Daniel Alves
Michel Bastos
Kléber

Volantes

Gilberto Silva
Felipe Melo
Josué
Ramires

Meias

Kleberson
Elano
Kaká
Julio Baptista

Atacantes

Robinho
Luís Fabiano
Nilmar
Diego Tardelli


Marcio Santos

Goleiros

Júlio Cesar
Gomes
Victor

Zagueiros

Lúcio
Juan
Luisão
Thiago Silva

Laterais

Maicon
Daniel Alves
Michel Bastos
Gilberto

Volantes

Gilberto Silva
Felipe Melo
Josué
Ramires

Meias

Elano
Júlio Baptista
Ronaldinho
Kaká

Atacantes

Robinho
Luís Fabiano
Nilmar
Diego Tardelli


Daniel Machado

Goleiros

Júlio Cesar
Gomes
Victor

Zagueiros

Lúcio
Juan
Luisão
Thiago Silva

Laterais

Maicon
Daniel Alves
Gilberto
Kléber

Volantes

Gilberto Silva
Felipe Melo
Josué
Ramires

Meias

Elano
Paulo Henrique Ganso
Ronaldinho
Kaká

Atacantes

Robinho
Luís Fabiano
Nilmar
Diego Tardelli

Abraços,
Marcio Santos

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Esportes, Futebol

Se é Bayern, é excelente!

Pego, agora, uma licença histórica para parafrasear parte do conhecido slogan da empresa farmacêutica Bayer (“Se É Bayer, É Bom”), afirmando: “Se É Bayern, É Excelente”. O Bayern de Munique, que está comemorando, após a vitória de 3 x 1 contra o Herta Berlim fora de casa, o seu 22º título alemão, tem sua sede, como o próprio nome diz, em Munique, na região da Bavária, na Alemanha. Nos próximos dias, o time ainda decide os títulos da Copa da Alemanha, 15 de maio, contra o Werder Bremen e, principalmente, da Liga dos Campeões da Europa, contra a Inter de Milão, no dia 22 de maio.

Capitão Van Bommel ergue o troféu, celebrando o 22º título alemão do Bayern

Muitas vezes sonegado pela grande mídia brasileira, que prefere times de outros países europeus como Itália, Inglaterra e Espanha, o Bayern de Munique é um dos maiores clubes do mundo. A agremiação tem quatro títulos de campeão europeu e 15 da Copa da Alemanha, além dos campeonatos alemães já citados.

Pois é este clube pouco conhecido da maioria dos torcedores brasileiros a grande paixão do empresário Gustavo Vieira Formiga, 22 anos, que mora e trabalha em Taquaralto – região sul de Palmas. Na última semana, eu e o colega Márcio Santos, dois dos três signatários do blog, viajamos os quase 18 quilômetros necessários para visitá-lo na sua loja, que tem o sugestivo e, por quê não, espetacular nome de Bayern Ferragens. Como se não bastasse, a fachada do estabelecimento, que além do trabalho de Gustavo e seus familiares conta com dois funcionários, é decorada com as cores vermelha e branca e pequenos detalhes em azul, exatamente as cores do Bayern. Para completar, o logotipo do estabelecimento é, simplesmente, o símbolo do Bayern, apenas sem o FC de Futebol Clube e a expressão “Ferragens” no lugar de München (Munique em alemão).

Fachada da Bayern Ferragens

Gustavo é natural de Praia Grande, cidade que fica próxima a Santos, no Estado de São Paulo. Ele conta que começou a gostar do Bayern em 2004, ano em que o clube nem fez grande temporada. A partir disso, a paixão pelos bávaros foi só crescendo. Nas suas costas, exibe uma grande tatuagem do símbolo do clube.

Gustavo exibe o símbolo do Bayern, tatuado em suas costas

Ao falar sobre a história do time, Gustavo apresenta grande conhecimento, comentando detalhes das conquistas e dos fracassos. Sobre o elenco atual, então, ele parece ter todas as informações.

Ele elogia o polêmico Louis van Gaal pelo trabalho, afinal o time montado pelo treinador, além de campeão alemão, está na final da Copa da Alemanha e na final da Liga dos Campeões da Europa, considerada a mais importante competição de clubes do planeta.

Em relação a reclamações, considera exagerados os mais de € 30 milhões pagos pela contratação do atacante Mario Gomez, que não faz boa temporada, além de não concordar com a dispensa de Lúcio pelo treinador holandês. De acordo com Gustavo, que nunca foi à Alemanha, a defesa bávara não tem consistência permanente, oscilando entre boas partidas e péssimas atuações.

No balcão da loja, conversa animada sobre o clube

Liga dos Campeões

Mesmo com a suspensão do astro Frank Ribéry, Gustavo se diz confiante para a partida da final da Liga dos Campeões contra a Inter de Milão, em Madri, no dia 22 de maio. Esta confiança baseia-se, em grande medida, na expectativa de que o craque holandês Arjen Robben, na sua opinião o melhor jogador do clube no momento, seja mais uma vez decisivo, como em outras etapas da competição.

Acostumado a deixar sua irmã trabalhando no estabelecimento em dias de jogos decisivos da competição, Gustavo sequer vai abrir a loja na tarde do sábado, dia 22. A ideia é fazer uma concentração a partir do meio-dia, com um grande churrasco e muita confiança na conquista do quinto título europeu do maior clube da Alemanha.

Paixão clubística aparece até nas mercadorias

O empresário destacou que chegou a pesquisar e pensar em ir a Madri, para assistir a partida. No entanto, quando se mobilizou para isso não conseguiu ingressos para a partida. Gustavo lamenta o fato, mas ressaltou que vai se preparar para a próxima vez. “A próxima final é em Wembley (Londres) e em 2012 será no Allianz Arena (casa do Bayern)”, afirmou o empresário, esperançoso que o clube também chegue a estas decisões.

Embora confiante, Gustavo acredita que Inter, por ter uma defesa mais qualificada, é a favorita no confronto. Nada que os alemães não estejam acostumados a reverter na história. No lugar de Ribéry, deverá jogar o alemão naturalizado turco Hamit Altıntop, de excelente atuação na segunda partida da semifinal contra o Lyon.

Sacola personalizada

Brasil

No Brasil, Gustavo é corintiano. Questionado quando o time ainda estava na Libertadores, não conseguiu dizer para quem torceria em uma hipotética final de Mundial de Clubes entre o Bayern e Corinthians. “É muito cedo para pensar nisso. Sinceramente, nunca pensei nessa possibilidade”, frisou o empresário.

Como essa final não vai se concretizar, talvez nunca se saiba como Gustavo se comportaria. No entanto, há forte suspeitas dos signatários do blog que a equipe bávara seria a escolhida pelo seu coração.

Abraços,

Daniel Machado

(com a colaboração de Marcio Santos)

*As fotos são de Marcio Santos, com exceção da primeira, retirada do site oficial do Bayern (http://www.fcbayern.telekom.de)

9 Comentários

Arquivado em Esportes, Futebol, Tocantins

Libertadores: palpites para o mata-mata

As oitavas-de-final da Libertadores iniciam hoje, com duas partidas, ambas envolvendo os times mexicanos “alçados” automaticamente à segunda fase e duas agremiações argentina: Estudiantes (atual campeão) e Velez Sarsfield.

Desde a semana passada, quando o Internacional, clube para o qual os três signatários do blog torcem, se classificou estamos com os palpites para o mata-mata prontos. De minha parte, pontuo, como todos sabem, não gostar nem um pouco do Corinthians, em especial pelo malfadado Brasileirão de 2005. Desta forma, ao menos o meu palpite sobre a partida envolvendo “esta gente” pode estar um pouco influenciado.

Logo da Copa Libertadores com o seu patrocinador

Abaixo, os nossos palpites (os times do lado esquerdo jogam a segunda partida em casa):

Daniel Machado
Corinthians x Flamengo = Flamengo, com drama e sofrimento
São Paulo x Universitário = São Paulo, muito tranquilo
Estudiantes x San Luis (México) = Estudiantes, sem sustos
Vélez Sarsfield x Chivas Guadalajara = Vélez, com muita dificuldade
Libertad x Once Caldas = Once Caldas, com dificuldade
Internacional x Banfield = Inter, sem sustos
Nacional x Cruzeiro = Nacional, com sangue, drama, sofrimento e agonia
Universidad do Chile x Alianza Lima = La U , com dificuldade
 
Marcio Santos
Corinthians x Flamengo = Flamengo, em jogos dramáticos e sofridos. Ronaldo não joga nada e é questionado pela torcida do “Curintia”, por ser flamenguista. Castigo pela entregada no final do Brasileirão 2009.
São Paulo x Universitário = São Paulo, mesmo jogando pouco
Estudiantes x San Luis (México) = Estudiantes, sem maiores problemas
Vélez Sarsfield x Chivas Guadalajara = Vélez, forte candidato ao título
Libertad x Once Caldas = Libertad, sempre chegando
Internacional x Banfield = Inter, sofrendo um pouco em Buenos Aires, mas patrolando no Beira- Rio
Nacional x Cruzeiro = Nacional, com muito sofrimento e destaque para a expulsão de Kléber no começo do jogo, em Montevidéu
Universidad do Chile x Alianza Lima = Alianza, a surpresa da competição
 
Anderson Fonseca
Corinthians x Flamengo = Corinthians, com gols de Ronaldo Fenômeno
São Paulo x Universitário = São Paulo, copeiro
Estudiantes x San Luis (México) = Estudiantes, jogando um bom futebol
Vélez Sarsfield x Chivas Guadalajara = Vélez, na raça
Libertad x Once Caldas = Libertad, sempre está na briga
Internacional x Banfield = Inter, embalado
Nacional x Cruzeiro = Cruzeiro, destaque pro Kleber gladiador
Universidad do Chile x Alianza Lima =  Alianza, os peruanos com cara de zebra

Abraços,
Daniel Machado

2 Comentários

Arquivado em Esportes, Futebol, Uncategorized

Vai começar o Campeonato Tocantinense 2010

Acompanhe logo, senão ele acaba, pois tem duração de apenas dois meses!

Com orçamento bem mais modesto do que os grandes clubes do país, o futebol tocantinense é, obviamente, considerado “pobre”. Os clubes fazem “times de verão”, de apenas uma temporada. Dos oito concorrentes, apenas quatro investem, mais ou menos, em categorias de base, enquanto os outros apostam nas contratações de jogadores oriundos do Maranhão, Bahia, Pará e Goiás. No Tocantins o salário dos jogadores é um grande problema, pois chegam a ocorrer atrasos de 60, 90 ou até 180 dias.  Às vezes, sequer são pagos. Os dirigentes são amadores e vitalícios nos clubes.

Veja a previsão do desempenho de cada um dos clubes para a disputa do campeonato (ou torneio de verão):

Araguaína (Tourão do Norte)
Tem a maior torcida do Estado. Atual campeão, representante do Estado na Copa do Brasil e na Série D, quer levar o caneco novamente. Para isso, o time vem com a mesma organização, planejamento financeiro e diretoria que o levou ao título do ano passado. Porém, o técnico Pedrinho Rocha (primeiro ano no Estado) deve cair nas primeiras rodadas. O Tourão do Norte contratou, no papel, os melhores jogadores, mas acho que a defesa é o ponto fraco. Mesmo com dinheiro e torcida, seu grande erro está nas contrações equivocadas. Se não for campeão, para mim não será nenhuma novidade. Vai brigar pelo titulo, mas a decepção poderá ser grande.

Gurupi (Camaleão do Sul)
Sempre uma força a ser observada. O Gurupi é treinado por Roberto Oliveira, oriundo do futebol goiano, técnico com dois títulos tocantinense e um vice-campeonato. Tem jogadores experientes e com títulos na bagagem. Armado com uma defesa bem postada, pensando em vitórias objetivas, sem dar espetáculo. O Cameleão do Sul vai chegar. Favorito ao titulo, deve estar na grande final. Anote aí.

Interporto
Time de tradição da cidade histórica de Porto Nacional. Destaque para sua torcida. É treinado pelo jovem Jonai Lopes, treinador tocantinense. Vai ser um time bom de se ver jogar. Em campo, o toque de bola vai ser o lema do time. No elenco, jogadores rodados pelo futebol tocantinense, conhecedores da região, como o zagueiro Marrequete, o meio-campo Matera e o veterano atacante Alexandre.  Favorito ao título.

Palmas
O nome, claro, é uma referência à capital. O maior campeão do Tocantins já revelou grandes jogadores (!), como Ferdinando (Grêmio), Moacri (Brasiliense) e Lucca (Cricíuma). Mas isso foi no passado. De uma torcida elitizada, composta por políticos da capital, hoje o Palmas é treinado por Paulo Mendes, primeiro clube como profissional e novato no Estado. No elenco jogadores desconhecidos e apostas. O fator extracampo (leia-se falta de dinheiro) pode prejudicar o time. Paciência, isso a torcida vai ter que ter. O projeto de renovação do Palmas é de longo prazo, então esse ano não pode se esperar muita coisa.

Paraíso
Mais conhecido como Intercap. Já caiu antes de começar o campeonato, pois aposta nos treinadores José Toninho dos Santos e Nivaldo Fonseca. Isso mesmo, tem dois treinadores (a Suécia na Copa de 2002 tinha três). No elenco, muitas apostas, todos desconhecedores do nosso futebol. Até os novatos entenderem como funciona o futebol tocantinense, vai ser tarde. Quando acordar vai estar quase rebaixado e vai freqüentar a zona do rebaixamento o campeonato todo. Já está na segunda divisão. Anote aí.

São José
Depois de amargar a queda para a Série B do fraco Campeonato Tocantinense, o São José voltou com tudo e tenta se manter na divisão de elite. Acho que está entre as menores torcidas do mundo. A aposta é manter o trabalho do ano passado, que deu acesso à primeira divisão, desde os jogadores até, principalmente, o treinador Tomaz Abreu, que é tocantinense, oriundo de um bom trabalho nas categorias de base do futebol do Estado. O feijão com arroz do São José vai incomodar. Vai ser a grande surpresa do campeonato.

Tocantinópolis
Forte no passado, o Verdão do Bico tenta retomar o status em 2010. É um time que costuma incomodar. Mas há alguns anos anda devendo a sua torcida apaixonada. Tem um dos melhores estádios do interior, o Ribeirão. No comando o ex-goleiro Ronilson, que aposta nos jogadores do futebol do Maranhão. Alguns já jogaram aqui no Estado. Atletas que no currículo não tem nenhum título. Vai ficar no meio do caminho, oscilando no meio da competição.

Tubarão
Clube da capital. O time conta com uma torcida nova, apaixonada,  que se acha rival do Palmas. Categoria de base é uma palavra desconhecida no clube – aliás, é um clube de verão.  Aposta no treinador Gil Fernandes, com passagens pelo futebol tocantinense. Vai ter vários problemas, entre eles início da pré-temporada atrasada, contratações erradas de jogadores e a questão financeira, pois as dívidas já vêm aumentando dos anos anteriores. Então, seja bem-vindo à Segunda Divisão.

Abraços,
Anderson Fonseca

Deixe um comentário

Arquivado em Futebol

Colorados de Palmas trazem Caçapava para o Gre-Nal

Cçapava era uma importante figura no Inter dos anos 1970

Cçapava era uma importante figura no Inter dos anos 1970

Além de acompanhar o Gre-Nal pelo Campeonato Brasileiro no próximo domingo com o tradicional churrasco na Adega do Cláudio, os torcedores do Internacional em Palmas prepararam uma outra atração para este clássico: a presença do ídolo da década de 70 Luís Carlos Melo Lopes, conhecido como Caçapava.

Volante do time bi-campeão nacional nos anos de 75 e 76, o ex-jogador mora, atualmente, no Piauí, onde trabalha numa escolinha de futebol.

Caçapava se destacava pela força física e grande poder de marcação. Num time que tinha jogadores de grande habilidade como Falcão, Carpeggiani e Batista, cabia ao volante o trabalho de proteger a defesa e anular as principais peças da equipe adversária. Numa de suas atuações mais memoráveis, praticamente anulou o craque Rivelino na semi-final do Brasileirão de 1975, em pleno Maracanã, sendo um dos responsáveis pela impressionante vitória de 2 a 0 sobre uma equipe do Fluminense que era singelamente conhecida como “Máquina Tricolor”.

Falcão e Caçapava, técnica e força no meio-campo colorado

Falcão e Caçapava, técnica e força no meio-campo colorado

Conhecido por sua disposição e bom humor, o ex-jogador protagonizou alguns episódios folclóricos no futebol brasileiro, dentre os quais podemos destacar a ocasião em que tentou convencer o médico do colorado a não realizar uma operação no seu joelho direito. “Doutor, se eu chutar a bola com a direita, o menisco tem que doer? Eu não sinto nada!”, indagou. Contrariado pela resposta afirmativa do médico, que confirmava o aparecimento da lesão no exame de artroscopia, Caçapava retrucou: “Então esse joelho aí não é o meu!”.

A vinda deste grande ídolo do passado só foi possível pela união dos integrantes do Consulado Colorado de Palmas, que fizeram uma campanha para arrecadar recursos para a compra das passagens e conseguiram um lugar para a estada deste personagem fundamental na história do Clube do Povo.

Mesmo com a campanha vacilante do Internacional no segundo turno, a expectativa é que Adega do Cláudio mais uma vez esteja lotada de colorados para acompanhar o clássico. Conforme o idealizador de Caçapava a Palmas, nosso comparsa no Golpe de Cabeça, Anderson Fonseca, em um Gre-Nal a má fase técnica fica de lado e prevalece a rivalidade, o que pode iniciar uma retomada do campeonato por parte do time vencedor. “E claro que esperamos que o vencedor seja o Inter, que joga em casa, inclusive!”, ressalta.

O churrasco de domingo ocorrerá a partir das 12 horas, com o valor de R$ 30,00 por pessoa. O jogo começa às 15 horas. O Inter hoje é o terceiro colocado no campeonato nacional, com 49 pontos, enquanto o Grêmio é o oitavo, com 44 pontos.

Abraços,
Daniel Machado, Marcio Santos e Anderson Fonseca

Deixe um comentário

Arquivado em Esportes, Futebol, Inter

A chance de voltar a ser grande

 Morei no Uruguai muitos anos, o meu pai e uruguaio e um dos meus dois irmãos também. De Montevidéu lembro uma cidade diferente, em especial quando comparação com Palmas, no Tocantins. Há muitos anos não vou ao Uruguai.

Alias, hoje, eu sou casado, acabei de ver a minha querida filha nascer e a visita ao país vizinho (do RS, pelo menos) é apenas um plano sem data marcada. A distância, porém, nunca me afastou definitivamente do país, o qual eu tenho um grande apreço e, quem saiba, volte a morar.

O Uruguai é um país pequeno, com pouco mais de 3,5 milhões de habitantes. Mesmo assim, já foi um gigante do futebol. Duas vezes campeão do mundo (1930-1950), os uruguaios ainda tem dois títulos olímpicos. As grandes glórias, porém, estão muito no passado. Há muito tempo o Uruguai não faz boa Copa do Mundo. Inclusive, os celestes ficaram foram dos mundiais de 1994, de 1998 e de 2006. Para completar, em 2002 a vaga só veio na repescagem contra a Austrália. Hoje, 14 de outubro de 2009, a seleção uruguaia tem a chance histórica de dar um passa para voltar ao clube das grandes seleções.

Na sua casa, o estádio Centenário, em Montevidéu, a Celeste recebe a Argentina precisa de uma vitória simples para se garantir na Copa de 2010, na África do Sul. O palco ao poderia ser melhor, pois lá o Uruguai venceu sua primeira Copa, no já longínquo ano de 1930, exatamente contra a Argentina. Empate ou derrota podem deixar o Uruguai fora até mesmo da repescagem. Por isso, depois de tantas frustrações, tantos “azares”, tantas derrotas, a hora de vencer é agora.

Em 19950, o Uruguai levantou a taça

Em 19950, o Uruguai levantou a taça

O povo uruguaio ama o futebol. Juntos, seus dois principais clubes, Nacional e Peñarol, têm oito libertadores somadas e seis mundiais. Porém, há mais de 20 anos a população uruguaia sofre com dirigentes ruins, crise econômica e um futebol em decadência técnica. Isso faz com que as pessoas, aos poucos, se afastem e tenham menos apreço pelo futebol.

Porém, como o esporte sempre dá revanches, hoje o final pode ser diferente. O estádio estará completamente lotado. O Uruguai, hoje, tem a chance de voltar a ser respeitado e temido.

Abraços,
Daniel Machado

Deixe um comentário

Arquivado em Futebol, Geral

Palpite para o Brasileirão 2009

Já está em andamento o Brasileirão, a competição mais importante do país. Como estamos na oitava rodada, ainda tem muito chão pela frente.

5356corrida

O campeonato começou recheado de grandes jogadores, alguns dos quais infelizmente já foram ou estão indo para ligas mais ricas, mundo afora: Ronaldo, Fred, Adriano, Nilmar, Maxi López, Diego Tardelli, Keirrison, Neymar, Washington, Carlinhos Bala, Kuki, Iarley , Pedrão, Marcelinho Carioca, Marcelinho Paraíba. Junto com tantos outros operários anônimos e revelações que certamente surgirão, eles fazem da competição uma verdadeira caixinha de surpresas.

Tem ainda os bons técnicos, grandes estrategistas do futebol, e os sempre polêmicos árbitros.

Em suma, considero o Campeonato Brasileiro o mais disputado do mundo.

Pelo menos oito times começam a competição com reais chances de levantar a taça.

Aí está meu palpite de como terminará a tabela de classificação:

1º Internacional

2º Corinthians

3º Cruzeiro

4º Atlético-MG

5º Flamengo

6º Vitória

7º Grêmio

8º Fluminense

9º São Paulo

10º Santos

11º Palmeiras

12º Sport

13º Barueri

14º Coritiba

15º Goiás

16º Atlético-PR

17º Náutico

18º Santo André

19º Botafogo

20º Avaí

Abraços,
Anderson Fonseca

1 comentário

Arquivado em Esportes, Futebol