Arquivo da tag: palpites

Copa do Mundo: projeções, curiosidades, impressões e tudo mais

Amanhã e no sábado a 19ª Copado Mundo vai conhecer os seus quatro semifinalistas. A competição, que começou travada, está tendo grandes jogos e muitas emoções. Algumas surpresas e outras confirmações, como era de se esperar. O torneio, que acontece a cada quatro anos, não conta com elevadíssimo nível técnico, mas tampouco deixa a desejar.

Diferentemente do que pensam muitas pessoas, o futebol não é só apaixonante no Brasil e na América do Sul. A tristeza dos italianos com a campanha ridícula, o vexame dos franceses com o time desunido e  sem alma: estes sentimentos com certeza com certeza foram muito dolorosos para a população desses dois países. Até o povo dos Estados Unidos, que não têm no futebol seu esporte preferido, sofreu e sonhou com a sua seleção. Basta ver os índices recordes de audiência que os jogos equipe tiveram no país, superando até finais da NBA.

A Copa do Mundo da África do Sul é, também, a primeira a contar com transmissão de todos os jogos em canal aberto, em todo o território dos EUA. Conheço muitas pessoas que tratam o futebol e o esporte com desdém e, afirmo, sem medo de errar, que às vezes sinto pena delas, por não terem a oportunidade de apreciar uma partida como foi o confronto entre Alemanha e Inglaterra pelas oitavas-de-final da competição. O jogo teve lindos gols, falhas, erro clamoroso de arbitragem, emoção, olé, rivalidade e até lembranças as guerras mundiais, ou seja, foi uma partida carregada de história.

A alegria do povo sul-africano, também, não pode ser esquecida. Dentro das suas possibilidades, a população do país abraçou o torneio, os jogos e os torcedores dos outros países. Sem dúvida alguma, um espetáculo singular. Além disso, deixando um pouco de lado os gastos excessivos e o legado que o torneio vai deixar para o país, a copa serviu para unir, ainda mais, o povo do país, que foi massacrado por anos de segregação racial.

Meus palpites para as quartas-de-final, com cotação, são os seguintes:

Confrontos:

Brasil – 54%
Holanda – 46%

Uruguai – 55%
Gana – 45%

Alemanha – 55%
Argentina – 45%

Espanha – 65%
Paraguai – 35%

Ressalto, aqui, que estes palpites estão baseados no que os times apresentaram até agora, na minha torcida pessoal e na história de cada camiseta nas copas do mundo. Resumindo, são apenas palpites, com um embasamento no mínimo duvidoso.

Curiosidades

A Holanda foi a última seleção a fazer um gol de empate em copas do mundo contra o Brasil. Foi no 1 x 1 , nas semi-finais, em 1998. O gol foi um golpe de cabeça, anotado pelo centroavante Patrick Kluivert. Desde então, sempre que o Brasil sai ganhando vence e sequer leva o empate transitório.

O Brasil nunca sequer empatou com times africanos em copas do mundo. Então, se tiver semifinal contra Gana, aposte no Brasil sem qualquer receio.

A Alemanha, desde 1934, fica pelo menos entre os oito em copas do mundo.

A Alemanha jamais perdeu disputas de pênaltis em copas do mundo.

Nesta Copa, a Alemanha viu seu recorde de mais de 22 cobranças convertidas de pênaltis (contando desempates após a prorrogação) consecutivas ser quebrado. Lucas Podolski perdeu pênalti contra a Sérvia e este foi o primeiro desperdício da seleção alemã desde1986.

Com dois gols nesta copa e 12 no total, o alemão Miroslav Klose busca alcançar o recorde de 15 gols em copas do mundo do brasileiro Ronaldo. Para tanto, precisa manter a média obtida em 2002 e 2006, quando fez cinco gols em cada uma das edições.

Dos 12 gol do alemão Klose, sete foram de golpe de cabeça. Não encontrei registro oficial, mas acredito que ele tenha sido o jogador que mais marcou de cabeça em mundiais.

A Dinamarca nunca havia levado gol em cobrança direta de falta em copas do mundo. Nesta edição, contra o Japão, levou dois no mesmo jogo.

Mesmo invicto e classificado às quartas-de-final, o Paraguai ainda corre para quebrar a escrita de jamais ter vencido duas partidas seguidas em  Copa do Mundo. Como só passou pelo Japão nos pênaltis, quebrar esse tabu nesta edição exige chegar à final com duas vitórias. A outra possibilidade é derrotar a Espanha nos pênaltis e depois ganhar a semifinal e a final.

Mesmo contando com quatro bons avantes no elenco, nenhum dos três gols do Paraguai na competição até agora foram feitos por atacantes. Caso perca sem fazer gols para a Espanha, os atacantes vão ir embora zerados.

Pela primeira vez, a Copa tem mais sulamericanos (quatro) que europeus (três) entre os oito primeiros.

Como todos os sulamericanos estão em chaves diferentes, a Copa pode acabar com todos os países desse lado menos favorecido do mundo nas quatro primeiras posições.

Os dois gols da Grécia na vitória de virada contra a Nigéria foram os únicos marcados pelo campeão europeu de 2004 na história da Copa do Mundo.

O Uruguai não terminava a primeira fase em primeiro desde 1954.

A Holanda busca um recorde histórico nesta Copa do Mundo: igualar o Brasil de 1970 e conseguir vencer todas as partidas do torneio e das eliminatórias, em uma mesma edição.

A Nova Zelândia foi eliminada invicta da Copa do Mundo. Empatou as três partidas da primeira fase – 1 x 1 com a Eslováquia, 1 x 1 com a Itália e 0 x 0 com o Paraguai.

A Nova Zelândia levou a campo um jogador que não é totalmente profissional . Andy Barron trabalha em um banco no país e conseguiu licença para disputar a Copa.

Maradona e Dunga: um dentre eles pode se tornar campeão como jogador e técnico. O feito só foi alcançado pelo alemão Franz Beckembauer e pelo brasileiro Mário Jorge Lobo Zagalo.

O Uruguai tem uma vantagem histórica nesta sexta-feira. Jamais uma seleção africana chegou a uma semifinal de Copa do Mundo.

Até agora, nenhum camisa 5 marcou na Copa do Mundo.

Abraços,
Daniel Machado

Com a colaboração de Marcio Santos

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Esportes, Futebol

Libertadores: palpites para as quartas-de-final

Considerando que hoje começam as quartas-de-final da Libertadores, os signatários deste blog decidiram, mais uma vez, apresentar seus palpites para a mais importante competição da América do Sul. Lembramos que, nas oitavas-de-final, tivemos um aproveitamento de 62,5%, pois cada um acertou 5 dos 8 classificados. Nesta nova etapa a competição está “afunilando”, motivo pelo qual entendo que há uma imprevisibilidade ainda maior em cada confronto. Todavia, como fazemos questão de ressaltar, esta fase do torneio ocorrerá simultaneamente às convocações e ao começo da preparação das seleções que vão à Copa do Mundo, o que pode ser determinante para algumas equipes, que podem ser ver MUITO desfalcadas de uma semana para outra.

Novamente as paixões clubísticas de nossa equipe podem estar influenciando nos prognósticos, mas, como vocês podem ver, tudo está devidamente justificado!

Abaixo, os nossos palpites (os times do lado esquerdo jogam a segunda partida em casa):

Marcio Santos

Libertad x Chivas Guadalajara = Libertad, aproveitando-se dos desfalques do Chivas e tentando seguir o caminho rumo à final na qual não pôde chegar em 2006

São Paulo x Cruzeiro = Cruzeiro, construindo boa vantagem no Mineirão, com grande atuação de Kléber. A entrada de Fernandão no time titular do São Paulo não será suficiente para reverter o placar, no Morumbi.

Estudiantes x Internacional = Inter. No jogo de ida, no Beira-Rio, a equipe colorada se aproveitará da desmotivação do Estudiantes, que está deixando escapar um título argentino que estava praticamente ganho, e contruirá uma bela vitória. No jogo de volta, a convocação de Verón e outros jogadores por Maradona ajudará a concluir o trabalho.

Universidad de Chile x Flamengo = Flamengo. Em outras circunstâncias, tenderia a apostar em La U. Entretanto, as convocações para a Copa do Mundo farão toda a diferença: os chilenos perderão vários jogadores importantes, enquanto o Flamengo NÃO perderá Adriano, que será preterido por Dunga.

Daniel Machado

Libertad x Chivas Guadalajara = Chivas – O Libertad tem garra, tradição, experiência e um bom time. Conta, porém, com menos apoio popular (torcida) do que um bando de políticos. Chivas, que já está sem os seus cinco convocados há mais de um mês, se classifica com boa vitória em casa e um pouco de sorte no Paraguai. O Libertad sofrerá com desfalques de selecionáveis no segundo jogo.

São Paulo x Cruzeiro = Cruzeiro. Time está muito bem montado e tem bastante qualidade. Mesmo decidindo fora de casa, o Cruzeiro vai saber se impor. O São Paulo, agora com Fernandão, não é um time organizado.

Estudiantes x Internacional = Inter. O palpiteiro é colorado e isso já basta. Além do mais, o campeão da América está abalado pelo tropeço do domingo e pode ter (assim espero) problemas sérios na primeira partida no Beira-Rio, na próxima quinta-feira, às 20h15. Para completar, na volta o Estudiantes pode estar desfalcado de Véron e mais algum jogador.

Universidad do Chile x Flamengo = Flamengo. Time por time, embora sem uma defesa de alta qualidade, La U é bem melhor que o Flamengo. Porém, o time tem cinco jogadores que devem ser convocados para a seleção chilena e mais dois ainda podem ir para a seleção uruguaia. Entre os jogadores ausentes, o chileno Miguel Pinto, melhor goleiro em atividade no continente. É muito desfalque para o jogo a volta. Além do mais, Adriano não deve ser convocado por Dunga hoje.

Anderson Fonseca

Libertad x Chivas Guadalajara = Libertad, uma hora vai ter que chegar na final. Anote aí, estará na grande final.

São Paulo x Cruzeiro = Cruzeiro, em grande momento, reflexo do trabalho a longo prazo.

Estudiantes x Internacional = Estudiantes nos detalhes. O Inter para num grande time, chegou a hora de corrigir os erros que já eram claros.

Universidad de Chile x Flamengo = Flamengo, jogando com o regulamento. O “Mengão” encontrou a sua formação ideal.

Abraços,
Marcio Santos

Deixe um comentário

Arquivado em Esportes, Futebol

Libertadores: palpites para o mata-mata

As oitavas-de-final da Libertadores iniciam hoje, com duas partidas, ambas envolvendo os times mexicanos “alçados” automaticamente à segunda fase e duas agremiações argentina: Estudiantes (atual campeão) e Velez Sarsfield.

Desde a semana passada, quando o Internacional, clube para o qual os três signatários do blog torcem, se classificou estamos com os palpites para o mata-mata prontos. De minha parte, pontuo, como todos sabem, não gostar nem um pouco do Corinthians, em especial pelo malfadado Brasileirão de 2005. Desta forma, ao menos o meu palpite sobre a partida envolvendo “esta gente” pode estar um pouco influenciado.

Logo da Copa Libertadores com o seu patrocinador

Abaixo, os nossos palpites (os times do lado esquerdo jogam a segunda partida em casa):

Daniel Machado
Corinthians x Flamengo = Flamengo, com drama e sofrimento
São Paulo x Universitário = São Paulo, muito tranquilo
Estudiantes x San Luis (México) = Estudiantes, sem sustos
Vélez Sarsfield x Chivas Guadalajara = Vélez, com muita dificuldade
Libertad x Once Caldas = Once Caldas, com dificuldade
Internacional x Banfield = Inter, sem sustos
Nacional x Cruzeiro = Nacional, com sangue, drama, sofrimento e agonia
Universidad do Chile x Alianza Lima = La U , com dificuldade
 
Marcio Santos
Corinthians x Flamengo = Flamengo, em jogos dramáticos e sofridos. Ronaldo não joga nada e é questionado pela torcida do “Curintia”, por ser flamenguista. Castigo pela entregada no final do Brasileirão 2009.
São Paulo x Universitário = São Paulo, mesmo jogando pouco
Estudiantes x San Luis (México) = Estudiantes, sem maiores problemas
Vélez Sarsfield x Chivas Guadalajara = Vélez, forte candidato ao título
Libertad x Once Caldas = Libertad, sempre chegando
Internacional x Banfield = Inter, sofrendo um pouco em Buenos Aires, mas patrolando no Beira- Rio
Nacional x Cruzeiro = Nacional, com muito sofrimento e destaque para a expulsão de Kléber no começo do jogo, em Montevidéu
Universidad do Chile x Alianza Lima = Alianza, a surpresa da competição
 
Anderson Fonseca
Corinthians x Flamengo = Corinthians, com gols de Ronaldo Fenômeno
São Paulo x Universitário = São Paulo, copeiro
Estudiantes x San Luis (México) = Estudiantes, jogando um bom futebol
Vélez Sarsfield x Chivas Guadalajara = Vélez, na raça
Libertad x Once Caldas = Libertad, sempre está na briga
Internacional x Banfield = Inter, embalado
Nacional x Cruzeiro = Cruzeiro, destaque pro Kleber gladiador
Universidad do Chile x Alianza Lima =  Alianza, os peruanos com cara de zebra

Abraços,
Daniel Machado

2 Comentários

Arquivado em Esportes, Futebol, Uncategorized