Arquivo da tag: vitória

No desespero, Racing vence

Neste domingo, o Racing Club de Avellaneda recebeu o Godoy Cruz no Cilindro de Avellaneda e venceu por 1 x 0 (veja o gol aqui). O placar, magro e sofrido, é só mais uma mostra do desespero do clube que há muitos anos é vítima de uma crise econômica e institucional.

Com a quarta maior torcida da Argentina, o Racing, com certeza, tem uma das torcidas mais fanáticas do mundo. O clube, de poucas glórias e muitos resultados negativos, já chegou a ficar 35 anos sem conquistar um Campeonato Argentino – e isso que há alguns anos a Argentina faz dois campeonatos por ano.

Último colocado no atual campeonato, o Racing está em situação delicadíssima na tabela de promedios (uma espécie de média dos últimos campeonatos) que determina o rebaixamento. Quando entrou em campo ontem, o grande Racing, que já foi campeão do mundo, precisava da vitória para sair da zona de rebaixamento à Série B direto. Na Argentina, os últimos dois colocados nessa tabela vão para a segunda Divisão, enquanto os dois logo acima disputam a Promócion  (uma repescagem em melhor de dois jogos contra times oriundos da Série B).

No ano passado, o Racing disputou essa repescagem e, com muito sofrimento, permaneceu na Primeira Divisão.

Torcida
Em 2001, quando foi campeão, lotou dois estádios no mesmo dia – na casa do Vélez para ver o jogo e o seu próprio, que tinha um telão. No ano passado, mesmo tendo terminado o torneio em último, o Racing foi o terceiro time que mais vendeu ingressos. O Racing também é o terceiro clube da Argentina que mais recebeu torcedores desde a criação do campeonato.

E, em uma mega enquête realizada pelo um dos maiores jornais da Argentina, a torcida do Racing foi apontada como a segunda mais fiel do país, ficando atrás da do Boca Juniors, que tem quase dez vezes mais torcedores que o Racing (algo como 2,2 milhões contra 20 milhões).

Em 1999, o Racing chegou a fechar, mas uma mobilização dos seus torcedores trouxe o clube de volta a ativa.

A conquista do campeonato de 2001 foi algo surreal e heróico. Os estádios cheios a cada rodada e uma luta incessante contra um tabu monstruoso.

Para fiocar claro, na Argentina torço para o Racing. Poerém, como foi possível perceber, essa escolha não tem relação com os bons resultados.

Abraços,
Daniel Machado

1 comentário

Arquivado em Futebol, Geral